Visualizations since May 2010

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

A PhD on the Road (Morocco)

Midelt, Morocco

Hi, Folks

Let me introduce you to Patricia Vieira. Patricia is a very dear friend, one of those that bring joy wherever they go. And she is doing her MSc thesis with me. When i started this tour she said to me "Oh! well, then i´ve have to find the money to go along with you, sooner or later, in this trip". It was sooner. Yesterday, after a fantastic drumming nigth with some Tuareg fellows, i arrived in our place in Midelt, and there she was with this shiny smile on her face and the computer in is arm, ready to go. Lucky girl, since the drumming nigth ended up with some carpets sold by the Tuaregs, but with the condition of leading us to the SAHARA.

And Patricia just open her laptop and played the little movie below

Welcome Patricia, welcome

video

Midelt, Marrocos

Deixem-me apresentar-vos a Patricia Vieira. É uma dessas personagens sempre sorridentes que traz alegria a qualquer canto. Sorte a minha que a tenho como orientanda de Mestrado. Quando eu iniciei esta aventura disse-me "Ah! bom. Então tenho de desencantar dinheiro para embarcar contigo nesta aventura. Mais cedo ou mais tarde apanho-o". Mais cedo do que eu podia esperar. Ao regressar de uma fantástica noite de batuques com uns tipos Tuaregues, ao regressar ao poiso em Midelt, lá estava ela, toda sorridente e com um computador debaixo do braço, pronta para tudo. Sorte a dela, que a noite da batucada acabou com uns quantos tapetes comprados, mas na condição da grande nação tuareg nos guiar até ao SAHARA.

E de dentro do computador da Patricia saiu o filme apresentado acima

Bora lá, Patricia

domingo, 23 de novembro de 2008

A PhD on the Road (Morocco)

(Due to some transportation problems the edition of these news were delayed. We apologyze for the fact, and we´ll try our best not to repeat it in the future. Thank you)

CHAPTER 2 - AFRICA AND THE WEATHERING CYCLE

sub-Chapter 2.1 - Morocco

Hit the Road, Jack.

I just crossed the Mediterranian and here i´m in another continent, where they say everything began. It´s time to undress the portuguese (and european) coat.

If you really want to feel the people, the landscape and the culture behind, you have to dress their clothing and then leave your soul open and let it go. Somehow, i think "Beyond the Skin" (Nitin Sawhney) is perfect for the ocasion.


video



Já estou com o pé na estrada.
Atravessei o mediterrâneo e já estou noutro continente, de onde dizem que nós saímos. É tempo de largar o traje português e europeu. Se realmente queremos sentir uma cultura com as suas gentes e paisagens, temos de vestir à moda deles, abrir a nossa alma e deixarmo-nos ir. Eu acho que esse momento particular é traduzido na perfeição por "Beyond the Skin" (Nitin Sawhney).

-------------------------------------------------------------------------



While i was washed away by the beatiful scenaries in the track to the heart of Morocco, some ideas were coming in waves to my mind. The origin, the behaviour, the real impact in strength and stifness, how can i make a worth work. You can actually "see" these thaugts in "Tour Around Geotechnics", presented below. The movie is a mix of the amazing work produced by my Rock Mechanics students (2004 - 2007), who provide this great job (Geociências dept. of Aveiro University). We've learnt well. Together.




A tour around geotechnics from nunocruz on Vimeo.

Enquanto era banhado pela magnifica paisagem no percurso para o coração de Marrocos, muita coisa esvoaçou na minha mente. A origem da terra e seus sólidos maciços, o seu comportamento, o impacto na construcção, a forma de produzir um trabalho de utilidade practica. Todo o filme que passou na minha cabeça pode ser visto em "Volta ao mundo da Geotecnia", mesmo em cima deste texto. (o filme é um apanhado dos melhores momentos dos fantásticos trabalhos efectuados pelos meus alunos de Mecânica das Rochas entre 2004 e 2007, no depto. de Geociências da Universidade de Aveiro).

sábado, 15 de novembro de 2008

A PhD on the Road (Granja)

Prologue

I have always believed that a PhD is something where creation has to play a main role. Creation, in my modest understanding, is a matter of mixing Science and Art, Knowledge and Emotions, Passion and Anger, Chaos and Order, etc. Having to finish my PhD until the end of next year it came up to my mind that i have had a long run (10 years) around the subject of research, and that i had the same kind of feeling when travelling. You identify your goal but you can´t never be definitive about your path, otherwise you miss the best you can take from it: The surprise. And if you miss it then you loose the best of it, either with PhD or travelling. So, the best way is to have a nomad spirit, or mind

Being so, i just came to this idea of combining the two things i´m more enthusiastic about -Travelling and Inovative Research - giving raise to the project of "A PhD on the Road".

The aim is very simple: Pick up my Laptop and my Travel Coat (full of badges) and write the PhD while i´m telling a story of a tour around the world, that i´ve been living for the last 10 years, where each chapter of the PhD is strongly linked with every place i´m stepping in. Of course, this "around world story" is to be told with emotion in order to develop the creation i need for PhD, so i will try to mix images that warm the eyes and music that touch the heart.

With this thougts as scenary, i invite you all to come along and have fun with me in this amazing trip, that will take at least 6 months, with "meeting points" here once a week. I´ll try to write everything both in english and portuguese, in order to reach all my friends. I apologise in advance, for my english. Feel free to correct any mistakes through the comment window, and i´ll correct it in the main text.

Now, let´s have fun.

Sempre acreditei que fazer uma tese de doutoramento é algo em que o processo criativo desempenha um papel fundamental. No minha modesta opinião, a criação assenta na mistura da arte com a ciência, conhecimento e emoção, paixão e raiva, caos e ordem. Tendo que escrever o meu doutoramento até ao final do próximo ano, veio-me à ideia que ando às voltas com o assunto há cerca de 10 anos, e que o que sinto é em tudo idêntico à sensação em torno de uma viagem. Existe um objectivo mas sem ter um trajecto rigidamente definido, caso contrário perde-se o mais saboroso: a Surpresa. E se esse efeito se perder acaba por se perder também a verdadeira essencia das coisas, seja no doutoramento seja na viagem. Em suma, para ambas as coisas, a melhor coisa a fazer é ser nómada, vagueando ao sabor da onda.

Assim sendo, decidi combinar as duas coisa que mais gosto de fazer - Viagem e Investigação -dando origem a este projecto que denomino de "Um doutoramento on the road". O objectivo é muito simples: Pegar no computador e no meu Casaco de viagem (carregado de emblemas e pins) e escrever a tese enquanto conto uma história de uma viagem à volta do mundo, que tenho vindo a fazer durante os últimos 10 anos, onde cada capitulo da tese está fortemente relacionado com o terreno que vou pisando. É claro que uma história tem de ser contada com emoção (e assim desenvolver o processo criativo para o doutoramento), pelo que misturarei imagens e musica que brilham nos olhos e tocam no coração.

Com estas ideias por cenário de fundo, convido todos os que eventualmente se identifiquem com isto, a partirem nesta aventura comigo, a qual durará cerca de 6 meses, e que contará com um ponto de encontro semanal neste blog. Em inglês e em português para todos compreenderem.

E agora, vamos lá curtir.

Chapter 1 - Introduction

The beginning of the horizon, is always the place you are in. That´s where your dream start and your heart beats aiming to move on. The film you can see in this chapter represents the little town where i live (Granja - Vila Nova de Gaia) which fills my soul of love, peace and well-being, which i send to you with the fantastic sound of Pedro Abrunhosa, a music player from my home town. The music is called "Viagens" (which i would translate as Travelling)

All a Board then, for those who want to participate in this adventure.


video

Capitulo 1 - Introdução

O horizonte começa exatamente onde nós temos os pés. É aí que começa o sonho e que o coração bate desejoso de movimento. O filme apresentado neste capitulo é um tour pela pequena vila onde tenho a sorte de viver (Granja, Vila Nova de Gaia) e que enche a minha alma de sentimento, paz e harmonia. Para traduzir esse prazer da minha vida escolhi a fantástica musica do Pedro Abrunhosa "Viagens", que tem tudo a ver com o momento.

'bora lá pessoal, quem quiser partir nesta aventura.