Visualizations since May 2010

sábado, 7 de março de 2009

A PhD on the Road (Sri Lanka)

Kandy

I spent my Last Night in Nur'Elia dreaming with Carolina, with all the moments we lived together refreshing my brain. In the morning, when i was at the reception getting ready to leave to Kandy, the receptionist just gave me a letter, with a curious smile in his face. Guessing what was in there i just came out and set outside in the fresh garden and let its words to whisper into my soul...

True traveller
You just came in, again, into my life
crossing your soul with mine

You looked for a traveller soul in my eyes,
 i sent back to you the trust of giving 
and careless, you just dive in me.

We travelled throughout time. 
with our destiny fulfilled 30 years ago, when together we visit all that was worthy...

Yes, what is the point of today
 if we lived a life in just one day
and gave sense to eternity?

And as any  traveller
we just left, because it was meant to be that way...

leaving our souls spread around everywhere... in me... in you...
in us

Carolina

P.S. As 30 years ago, you walk your way and i´ll do mine. Both are meant to be the same
 
I abandoned myself there for a couple of hours just breathing her words and then i went to the reception and knew that the message was left there one week before. She just knew i was coming, maybe by the blog, i don't know.  As i suspect, there was no clue how to get to her, so i just picked up my stuff and   walked way to Kandy chasing her Sinhalese soul with my heart singing RadioHead (A Wolf at the Door)


A Love Story - The Sinhalese Soul from nunocruz on Vimeo.

Passei o último sono em Nur'Elia sonhando com Carolina e todos os momentos que preencheram esse fantástico pedaço de vida. De manhã, quando me dirigi à recepção do hotel para pagar a estadia o "tipo" da recepção, surpreendeu-me com um sorriso enigmático e um envelope com o meu nome inscrito. Adivinhando o seu conteudo, saí para o exterior, deitei-me na relva fresca do jardim e deixei-me enlevar de novo pelo sussurro que prespassou a minha alma 


Verdadeiro viajante

Aparaceste novamente na minha vida de surpresa, 

Entraste no meu país, durante a tua volta ao mundo

Quis o destino que as nossas almas se cruzassem outra vez

Procuraste nos meus olhos uma alma de viajante

Devolvi-te no olhar a confiança da entrega

Por fim mergulhaste no meu ser sem mais reservas.


Fizemos uma viagem sem tempo

Que importa que te diga tudo isto hoje, se foi há 30 anos que o nosso destino se cumpriu?

Se ainda ontem te visitei e percorri todos os teus caminhos 

e estiveste comigo em todos os lugares


Que importa?

Quando juntos num só dia vivemos uma vida

Esse mesmo dia...o dia...em que

Ancoramos o sonho à realidade... e demos forma à eternidade...


E, tal como qualquer viajante

partimos, porque assim teve que ser

Deixando, contudo, as nossas almas espalhadas em tudo...e em cada um...

Em nós!...


Carolina


P.S. Tal como antes, segue o teu caminho que eu seguirei o meu. E os dois caminhos serão sempre um só


Fiquei por ali umas horas perdidas. Depois levantei-me dirigi-me à recepção e soube que a carta tinha sido deixada ali uma semana antes. Ela soubera que eu vinha, talvez pelo blog, mas não deixara pista nenhuma de como a encontrar, o que aliás eu já previa. Assim, agarrei na "tralha" e arranquei para Kandy em busca da (sua) alma singalesa com  o meu coração cantando RadioHead (A Wolf at the Door)

5 comentários:

FranciscaCruz disse...

Paii na aula de Portugues eu perguntei a minha stora o que achava de mim porque nos tavamos a falar sobre isso e ela respondeu que era sonhadora como o paii despassarada e eu diisse como tu e que tinha um pai fantastico (:
E concordo com ela ..

BeijinhoOs

Nuno Cruz disse...

Tu tens um coração bonito, que palpita e que sente e faz toda a gente feliz à tua volta.

Não percas essa alma, nem deixes que as coisas más que sempre nos acontecem na vida te apaguem o sorriso ou fechem esse coração tão doce.

Eu adoro-te minha piquinitita.

Anónimo disse...

Subscrevo o comentário do teu pai acrescentando: És mesmo muito linda.
Bjs
M

FranciscaCruz disse...

Quem és ? ^
-
-
-

Cárin disse...

É uma história muito bonita e faz relembrar os romances da adolescência. Gostei muito. Bjs