Visualizations since May 2010

sábado, 28 de fevereiro de 2009

A PhD on the Road (Sri Lanka)

Polanaruwa, Dambula, Kandy, Sygiria, Nur'Elia

Carolina had a serious problem in her brain, with risky consequences in the surgery she had to be submitted. Yet, she didn´t speed up or slow down, keep on floating through life with an incredible harmony. We were both found of mountains because i was a climber since the age of 6 and she was a mountain born, from a place called Nur'Elia, and so my Gerês was an expected destination for our movement

One night in a place called VIDOAL, when we were set by the fire she said to me

"Nuno, the way you look at the horizon just tell me you have the soul of the eternal travellers, and so you will drop in my surroundings sooner or later. When it happens... you go to my mountains, find a place breathing like this one and stay there for a couple of days.  You´ll understand my feelings today. I leave this gift in your future". And then we just abandoned ourselves breathing nature with each other until the sunset arrived

With the idea of coming back to her and get my gift, i just hit the road with those memories as guide, through Polanaruwa, Dambulla, Kandy Sygiria up to Nur'Elia. And this was my Stairway to Heaven with her and Led Zeppelin.

In my way down i´ll drop by again in Kandy, to feel a bit more of the Sinhalese (her) soul.




A Love Story - Travelling with memories from nunocruz on Vimeo.


Carolina tinha um problema sério no cérebro e a Cirurgia a que ia ser submetida não era isenta de riscos e/ou consequências. Contudo, ela nem acelerou nem abrandou o seu ritmo, mantendo o seu movimento pela vida numa incrivel harmonia. Eu, pelo meu lado, dei o meu melhor nesta dança com ela. Como ambos eramos apaixonados pela montanha, eu porque tinha a paixão do alpinismo que praticava desde os 6 anos com o meu pai, ela porque nascera nas montanhas do Sri Lanka, num lugar chamado Nur' Elia, o meu Gerês foi um destino natural. Ali passamos imensas horas conversando sobre nós e os nossos costumes, absorvendo a natureza, ouvindo o assobio do vento entre a vegetação ou mergulhando nos frescos ribeiros serranos. Um dia, no alto do VIDOAL reparei no seu olhar fixo em mim. Perguntei-lhe o que pensava e ela respondeu... " É bonita a forma como tu olhas para o horizonte, com a alma do viajante eterno. Quando um dia parares no meu Sri Lanka, vai à minha montanha escolhe um lugar que respire como este e deixa-te lá ficar por uns dias. Aí vais entender-me neste momento. É um presente que deixo para ti no teu futuro". Depois deixou-se ficar respirando comigo  a ouvir o quotidiano da natureza ao entardecer

Assim, meti os meus pés ao caminho com as memórias desses momentos com Carolina, numa viagem através de Polanaruwa, Dambulla, Kandy Sygiria até Nur'Elia. Queria resgatar o meu presente e sentir de novo aquele momento vivido 30 anos antes. Este foi o meu caminho até ao paraíso, com ela e com os Led Zeppelin (Stairway to Heaven). Na descida da montanha voltarei a Kandy para sentir mais tempo a alma singalesa.


9 comentários:

Ana disse...

Bonita história.. ainda sou jovem e espero um dia poder guardar tão boas memórias como esta que partilha...
Está "delicioso" o vídeo.. transmite uma serenidade como se estivessemos a respirar o ar mais puro dessa tal montanha :-)*

Ana Lucas

Nuno Cruz disse...

Olá amiguinha

Refiz umas coisitas relativamente ao que viste. Apanhei um pequeno resfriado e falar duma história tão bonita em tão mau estado não me parece boa ideia. Assim passei à escrita.

Entretanto, obrigado pela tua atenção, tão boa para mim. Vai seguindo que ainda tem bastante para ser contado

Um beijo

Anónimo disse...

tens a coragem de partir, por isso te invejo (saudavelmente). A casa não deveria ser mais do que um lugar onde pendurar o chapéu, como muito bem defendia para ele mesmo Chatwin.
Eric Blair

Anónimo disse...

Paz paz, meu lindo sempre a dar tranquilidade. Parabens

Anónimo disse...

Recordar é viver!
E quando essa recordações nos transportam um sentimento de saudade e nos fazem aflorar um sorriso...ainda se vive melhor!...
Abraços.
Inácio

Nuno Cruz disse...

Olá meu amigo Inácio

Não estaria o mundo muito melhor se todos fossemos capazes de relembrar os bons momentos, os momentos de sentimentos genuínos que nos encheram a alma?
Porque será que as pessoas deixam que a raiva, o egoismo e a dor afoguem sempre as coisas boas.
Um dia dirão de nós "... aqueles nunca conseguiam tirar partido do amor, antes se deixaram sempre consumir pelo ódio..."

E a vida fica sempre mais curta com isso, porque de cada vez que odiamos o nosso corpo contrai-se, desgasta-se mais um bocadito, algo no nosso cerebro morre, e o tempo de vida encurta mais um bocadito.

Um abraço

Anónimo disse...

"Bro", só quem te conhece sabe que isto não são "histórias"... são a tua cara, a tua alma e a tua forma de viver. Lindo!
Ab,
M

Nuno Cruz disse...

Hi my bro

Tu conhecer mim melhor que todos

Abraço

Nuno

Um viajante na expectativa... disse...

Hola Nuno!

Lá arranjei um pouco de tempo para explorar o teu blogue...e tive uma supresa bastante motivadora... poderei viajar mais um pouco com os teus vídeos!!!

Gostei imenso da forma como transformaste uma sequencia normal de fotos numa verdadeira curta metragem :)
Além disso as histórias anexas...agregam outro significado ao vídeo.

Cá espero, neste cantinho Mexicano, pelo teu novo vídeo....

Parabéns pelo blogue.

Um ganda abraco,
Daniel Pinto (tramo III, xalapa, méxico :)