Visualizations since May 2010

domingo, 1 de agosto de 2010

A PhD on the Road - The Obelix Party

And this is the end of a PhD on the Road (i´ll publish one more with the final statistics, whenever i have time to do it).

After the dissertation, a time come to celebrate. I always celebrate with the deepest of my soul, since that´s the way i do everything. The profession, my responsabilities, love, etc.

And so, the Obelix party was born. Obelix because i always wondered who is Obelix apart of is partnership with Asterix, and also because of after every adventure they really celebrate, with all friends and a lot of joy. Moreover, he works in the granites, like i do

In simple words, Obelix party started oficially on Friday, 21:00 (first guests arrived at 20:40) and oficially closed at Sunday 21:00 (last guests left at 22.30, after a chicken soup, a piece of bread and a Guronsan). A real meaningful party for a nomad adventure.

IT WAS A CHERRY ON THE TOP OF THE CAKE (EVEN MORE TASTEFUL THAN THE CAKE ITSELF)

More than 110 friends dropped by, celebrating with me in a fantastic tribute to friendship, love and joy. Me and them, and also all those that wanted but couldn't come, we built together a fantastic piece of life, to be remembered forever.

The four movies left below (half an hour in total) tell that story that shoudn't be left untold.
In the first movie (Prelude) a merging of me and Obelix is shown, supported by the music of Bobby McFerrin (Thinkin about your body), Eels (My beloved Monster) and the soundtrack of the Motionpicture "Amelie". It is the preparation of the party

Then, you enter that fantastic world of joy, and live the party (with all my friends) such as it was still going on (the 3 movies should be seen in sequence). The selected music includes Pink Floyd (Another break in the wall and Wish you were here), Soundtrack of Reservoir dogs (Hooked on this feeling, Blue Swede), John Lennon (Imagine) and Dr. Jones and David Bromberg (Such a Night).

I hope that
all of you that were here can re-live those moments,
all those that couldn´t come, feel somehow compensated
and all that didn´t want to come, feel sorrow.

Anyway, I LOVE YOU ALL.

Just have a drink with you, while you see this, and i can ensure that you will be living what happened here

Thanks for living with me this fantastic piece of life.

I´ll see you around

Kisses and hugs


The Party - Prelude from nunocruz on Vimeo.



The Party - Wish you were all here from nunocruz on Vimeo.



The Party - Imagine we were right from nunocruz on Vimeo.



The Party - Hooked on this feeling from nunocruz on Vimeo.

E assim chegamos ao fim da melhor aventura da minha vida, que foi este PhD on the Road (ainda publico, um dia destes as estatisticas finais da aventura, para lembrança futura)

Após a dissertação, como tinha anunciado largamente, começou o longo festejo em que pus toda a minha alma, como é o meu costume nas coisas em que me envolvo. Chamei-lhe a 48horas Obelix Party, porque sempre imaginei que o Obelix deveria ter uma outra vida para além da parceria com o Asterix, e por causa das festas que os dois sempre tem no final de cada aventura, com todos os amigos e uma data de paródia. Como eu gosto. Além disso, ambos carregamos granitos nas nossas costas.

De forma simples, A festa do Obelix começou oficialmente sexta feira às 21.00 (primeiros convivas a chegar às 20:40) e acabou no domingo às 21:00 depois de uma canja de galinha, um naco de pão e um Guronsan (ultimos convivas a abandonar o "recinto" às 22:30). Uma festa perfeita para acabar uma aventura nomada.
~
FOI A CEREJINHA NO TOPO DO BOLO, QUIÇÁ MAIS SABOROSA QUE O PRÓPRIO BOLO.

Mais de 110 pessoas passaram por cá, festejando e construindo uma festa comigo que foi um verdadeiro tributo à amizade e alegria de viver. Todos juntos, a que se juntam todos aqueles que quiseram vir e não puderam (mas telefonaram ou e-mail(aram), levantamos um magnifico "pedaço de vida", que será recordado até à eternidade

Acima, está a história toda contada nos 4 filmes do post de hoje (todos juntos fazem 1/2 hora) que deveriam ser vistos de seguida. No primeiro filme (Prelude) é a preparação da festa e a mistura da minha pessoa com o Obelix, acompanhado pela música de Bobby McFerrin (Thinkin about your body), Eels (My beloved Monster) e a banda sonora de "Amelie".

Depois entra-se na fabulosa festa, com musica dos Pink Floyd (Another break in the wall and Wish you were here), banda sonora de Reservoir dogs (Hooked on this feeling, Blue Swede), John Lennon (Imagine) e Dr. Jones and David Bromberg (Such a Night), para que esta possa ser vista por todos como se ainda estivesse a decorrer (na minha cabeça, decorrerá sempre). Enfim, um cheirinho da vida que todos pensamos um dia, quando fomos idealistas. Será que foi boa coisa deixar de acreditar nisso? Eu ainda acredito

O meu desejo é que
todos os que participaram possam reviver esses fantasticos momentos
todos os que não puderam vir, se sintam recompensados
e aqueles que não quiseram vir, tenham pena.

De qualquer dos modos
EU ADORO-VOS A TODOS.

Vejam um filme com o "copo" na mão, e asseguro-vos que reviverão os momentos desta festa.

Obrigado por este pedaço de vida

Até sempre

Beijos e abraços

20 comentários:

Paula Pimenta disse...

Nuno: Não quero deixar de lhe enviar os parabéns pelo doutoramento e pela forma como está na vida. Vou acompanhando os acontecimentos que partilha e fico sempre a pensar: ainda bem que existem pessoas assim! Um beijinho para a Francisca,

Paula Pimenta

Nuno Cruz disse...

Olá

Obrigado pela atenção que me vai dispensando. Para mim a vida é para viver de peito aberto e com alegria. Nem sempre consigo, mas nunca deixo de insistir

Um beijo e obrigado

PS um beijo da francisca

Cárin disse...

foi uma festas e tanto...
à sua imagem...
parabéns!!

Nuno Cruz disse...

É, cara linda. A vida tem que ser uma festa, senão morres cinzenta e triste.

Beijos

Anónimo disse...

Para variar, deixaste o melhor para o fim... Esta viagem contigo tem sido um prazer, com muitos "pequenos momentos" que trazem de volta velhas sensações de infância completamente esquecidas. Não percas nunca essa forma linda de olhar o mundo que as tuas fotografias mostram, pois é isso que faz de ti uma pessoa verdadeiramente especial! Por tudo isto, parabéns com os votos de um merecido descanso, enquanto o nosso "Goscinny" lá de cima te inspira para novas aventuras.
Um abraço do tamanho do mundo, M.

myself disse...

Meu querido, queridíssimo amigo, um abraço gigante e beeeeeeeeem apertado. E, just for the record: I've been there. You probably haven't seen me but you must have felt me.Beijos

Nuno Cruz disse...

Olá M, Olá gabi

Bonito o que ambos dizem. Saibam que fazem a minha alma mais rica e motivam sentimento para gerar mais coisas destas.

Gabi, I felt you there, of course, cause i have a piece of you inside of me. E gostei mesmo desse abraço apertadinho, juntinho a esse teu corpo bonitinho. Beijos

Anónimo disse...

S0rri,qs chorei(aus/cia)!1a inscric/"sorry"?Pres/,n/fisica/.C/ Xica vi um Ceu lindo/estrelas,c/a "Licas" pao q/te,derreteu-me pela inoc/cia n/perdida("Caracas!N/brinques c/isso").As3 aus/,pres/!Tens a delicadeza de docum/tar t/ bem.Sabes viver,fazes os o/os partilhar dessa tua vida linda!Nc percas esse dom!P.S. As trancas ficam-te b/,Buda Feliz!

Nuno Cruz disse...

Isabel

Foste tu que escreveste esses hieroglifos que eu não consigo decifrar. Quem quer que sejas identifica-te, senão não sei quem és

Anónimo disse...

Claro que fui eu!!!
Escrevi-te uma mensagem inicial muito "decente", mas a "javalinice"destas novas tecnologias lembrava-me sempre que nao podia usar mais de 300 palavras, e nao em deixava enviar a mensagem. Fui cortando, "hieroglifando", mutilando por completo a minha bela e poetica mensagem... ate ao ponto em que achei impossivel ainda estar em mais de 300 palavras!!! resolvi mudar o formato e consegui mandar!!! Agora tensa a dificil tarefa de decifrar os hieroglifos, pois nao consigo re-escrever o original! O "Bardo"visitou-me e pude usufruir do seu eblo canto contido (reprimido por Vos!!!). Beijos (muitos)

Isabel

Anónimo disse...

E para a proxima mando-te mesmo um "papiro" por mensageiro de Cleopatra, OK? Suponho que nao vais demorar menos a decifrar pelas "novas tecnologias" (pede ajuda á Francisca que e'boa nos "sms", que uso mas tambem odeio pela restricao que fazem ao nr de palavras!!!)

Anónimo disse...

E pensavas tu que ja eras doutor!Talvez em granitos...mas aceita o desafio em hieroglifos! Como sou tua amiga, ajudo-te (nas partes cortadas...poesia pura!). A tua filha senior ficou a saber mais de estrelas do que tu alguma vez saberas! Vimos Orion, Cisne, Ursa>,Cassiopeia...e se nao as vimos (as vezes duvido) vamos dar um nome as "novas constelacoes" descobertas("Isacisca", "Franbel", ja'nao me lembro da sugestao da tua filha!)! Vimos um grupo coimbrense muito giro ("Harlequim")em Tavira e a tua filha mais nova fez logo amigos na assistencia e participou (dancou) activamente! Chamei Acacio (em x de Inacio) ao teu sogro, mas ele felizemnet ja'me conhece e nao se ofendeu (sorriu com aquele sorriso lindo das "boas pessoas"...). E, por fim... sinto realmente pena de nao ter estado presente (fisicamente), mas felizmente fazes-em sentir menos mal, por ter podido usufruir da companhia das tuas filhas (acho que elas tambem gostaram de estar connosco!). P.S.Quem e'a tua amiga de brincos "Yin e Yang"(igual a concha que encontrei no Barril?)?Bonita filosofia de vida, nao achas???

Nuno Cruz disse...

Fantástico, Fantasmagórico. Um momento de libertação plena para niveis nunca antes imaginados. Surpresa total. Sem pejo diria "A melhor coisa que foi escrita neste blog até ao momento. Poesia pura.

Quanto à amiga, não sei de quem falas, mas se é uma parecida contigo, é a cláudia, irmã da cristina. Um doce. Como tu.

Anónimo disse...

Apoiando-me assim dessa maneira tao generosa acho mesmo que nao vou resistir a publicar a minha poesia!!! Que achas do titulo "Redaccoes da menina Guidinha/Cebolinha: o regresso!"que pensei em dar a tao ilustre obra?
E olha la', essa do fantasmagorico transcendeu-me... Tens medo que o candidato á mao da Xica, em vez de chapeu de trancinhas, albergue um mais rebuscadito, pontiagudo e de padrao estrelado? Nao te quero assustar, mas a delicada donzela mencionou astronomia como possivel via superior, depois da nossa noite de soalheira, debaixo do lindo Ceu de Pedras del Rey... E olha la', entao tu tiras essas fotografias lindissimas, e perdes-te tanto nos olhos da alma (tarefa bem nobre!), que tao filosoficos adornos nos orgaos auditivos te conseguem escapar? Lao-Tzu nao te iria perdoar concerteza, caro Amigo, meu "Buda Feliz"...
A Joao ja'esteve ca'em casa (ha/ muitos anos atras!)... Esta'assim tao mudada (e tao rejuvenescida!)? Ou sou eu que estou mesmo "caquetica"?
Um abraco grande da "Onda Curta"

Anónimo disse...

Oh Francisquinha, isto sou eu a brincar com o teu Pai, para tu tambem te rires...mas isso ja'tu percebeste claro!!!
Beijinhos

Filhota disse...

My father, my father... You are amazing person ! You can cativate my heart, whith that softness.
The best things of the world, only we can create !
Big kiss, for the best father of the world !

Nuno Cruz disse...

Thanks my sweet kika. It is amazing how you can comunicate with your heart. No matter if it is in portuguese or in english. It is always your heart.

Have a nice life

Filhota disse...

Oh dady, you're amazing ! Thanks for the happy days that you give me :)
Love you !

Paulo disse...

Pela 1º vez visito este verdadeiro "jardim" virtual – após tomada de conhecimento por um amigo comum - para, antes que tudo, dar tributo a um homem fantástico, que deixou muitas saudades por onde passou
Depois felicitá-lo pelo seu recente doutoramento que mesmo por aqui não passou despercebido.
E por fim dar-lhe os parabens por este "jardim" tão "florido" e rico.
A si, Engº Nuno, por essa alegria de viver, um grande abraço e um bem haja.

Nuno Cruz disse...

Paulinho

Tão fixe o teu comentário. Obrigado pelos teus elogios e palavras "boas" que muito me orgulham e me fazem sentir tão bem. Eu também tenho saudades das pessoas todas com quem convivi ao longo dos meus tortuosos percursos. Um abraço para ti. Enorme